Uma nota que seria pra você ler se eu não tivesse te matado

Escolhi o Bairro Alto estrategicamente. Por causa dos bares e das ruas na lateral. Acabei me esquecendo das ladeiras. A ideia foi simples: Jantar romântico. Estar incrivelmente linda. Te matar. Deixar seu corpo largado ao pé daquela mansão que a gente falou que queria morar junto. Voltar para nossa casa, agora só minha, parando em … Continue lendo Uma nota que seria pra você ler se eu não tivesse te matado

Vida real

O problema é que esses escritores são tão cheios de palavras que não sobra espaço pra mais nada, ela grunhia-gritava-latia enquanto ele apenas olhos-arregalados-em-silêncio, Não precisa falar nada, eu sei que você tá pensando que eu também escrevo, e que, muito pior do que escrever, eu leio, leio muito, leio demais, leio tipo Como-alguém-consegue-ler-tanto?, leio tipo … Continue lendo Vida real

Cores de Almodóvar

O desafio literário da semana é de Tiago Moralles: Este trecho de uma notícia me lembrou as reviravoltas e polêmicas dos filmes do Almodóvar. "O médico estava deitado em sua cama quando foi encontrado. Ele estava vestido com roupas femininas, um top azul e uma legging, e tinha feito implantes de silicone". Escreva um texto … Continue lendo Cores de Almodóvar