Você sabe

Eu sei.
Não sou mais uma menina.
Eu sei.
Estou ficando velha.
Eu sei.
Foram 6 anos de noivado.
Eu sei.
Ele me pediu em casamento.
Eu sei.
Não se brinca com sentimentos.
Eu sei. (respiro fundo)
Fui impulsiva.
Eu sei de tudo isso.

E sei de mais coisa, que nem você, nem ninguém sabe. É o que se passa aqui dentro do meu peito.
Então, antes de querer julgar, de pensar em dar palpite em minha vida, lembre-se. É minha.

Eu sei.
Estou ficando louca.
Eu sei.
Que nunca senti o que estou sentindo.
Eu sei.
Que nesses ultimos dias, fui mais feliz do que nos ultimos 6 anos.
Eu sei.
Que meu riso hoje é sincero.
Eu sei.
Que minhas pernas não me respondem mais.
Eu sei.
Que vão falar.

Mas quer saber de algo, pode avisar que não volto.
Sabe porque?

Eu sei.
Que ela me ama.

8 comentários em “Você sabe

  1. Mais do que saber, sentir. E ai sim, estamos deliciosamente ferrados.

    Cláudio e seus encantos de todo sábado, ainda bem.

  2. Lendo você, me peguei pensando em O amor nos tempos do cólera, nas minúcias do sentimento. Renitente quanto a amar, mas obstinada em não desistir do amor.

    “Quem sabe faz…” não importa se em 6, ou 53 anos, 4 meses e 11 dias.

    “Quem sabe faz…” Cláudio, você e essa sua “mania” cativante de saber fazer. Demais.

  3. Lembrei-me de uma frase de Nietzsche que diz assim “Saber é compreendermos as coisas que mais nos convém”
    E a vida é isso, apaixonados aceitamos coisas incompreensíveis, e quando não estamos afim, usamos qualquer besteira para nos afastarmos. É ridículo pensar, mas buscamos sempre uma verdade fantasiosa ou uma mentira sincera. Gostei do texto 😉

Os comentários estão fechados.