Foi apenas um beijo?

Foi apenas um beijo.
Era pra ter sido apenas um beijo.
Bom, alguns beijos, mas apenas uma noite.
Definitivamente, apenas uma noite.
Quer dizer, um pouco da manhã seguinte também, mas não mais do que isso.

Foi apenas um beijo.
Eu repetia essa frase incessantemente, tentando me convencer que ela era real.
Como se a simples repetição das palavras pudesse calar a voz que me cochichava: você estava indo tão bem, agora vai começar tudo de novo.

Foi apenas um beijo.
Foi apenas beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo.

Não foi apenas um beijo.
Foi um beijo de filme.
Precedido por um diálogo de cinema.
E com trilha sonora de novela.

Não foi apenas um beijo.
Eu achava que deveria ter sido, mas agora já era: quero tudo de novo.
Quero infindáveis outros beijos, quero infinitas horas de silêncio sorridente, e mais tantas de agonia silenciosa.

Não foi apenas um beijo.
Ou melhor, foi apenas um beijo.
Um beijo infinito que continua acontecendo lá onde as paralelas se encontram.

10 comentários em “Foi apenas um beijo?

  1. Foi apenas O beijo. Foi apenas O beijo. Foi apenas O beijo. Foi apenas O beijo. Foi apenas O beijo.

    LINDO, LINDO, LINDO, Cá.
    Arrasou.

    : )

  2. O primeiro beijo foi no cinema, em uma das gêmeas. O segundo acho que foi de novo na primeira, embora suspeitasse ter sido na segunda. Eram tão parecidas…

  3. “Foi apenas um beijo.
    Era pra ter sido apenas um beijo…
    Foi apenas um beijo.
    Foi apenas beijo, foi apenas um beijo, foi apenas um beijo.”

    Às vezes um beijo pode ter sido apenas um beijo, mas um beijo com o significado de vários deles. Por mais que cheguemos a querer o contrário, um beijo não é apenas um beijo.

    Gostei do seu texto. Parabéns, um abraço.

  4. E quem nunca teve um beijo assim? Apenas um, que dura para sempre… “lá onde as paralelas se encontram”.
    Lindo texto!
    Bjo!

Os comentários estão fechados.