doralice

pra mim já deu.
não aguento mais.
meu coração anda apertadinho desde aquele fatídico dia.
entre a porta e o marco
espiava você.
abraços de dor
cada vez mais.
passarinho sem céu de voar.
choro pela alma só de lembrar.
vou ganhar o mundo,
a vida,
a rua,
meu corpo.
reviver meus sonhos perdidos
pelo caminho
do seu corpo.
e fique tranquila,
minha cara doralice,
da mesma forma que eu fico.
na vida, tenho certeza,
nunca mais
outra igual a você
verei!
pois,
igual a ti só no inferno!


Desafio da Semana:

4/12 - Igual a ti só no inferno