CLEMENTINA E ZEQUINHA

Clementina era uma menina muito sensível, desde que nasceu, assim diziam e repetiam os seus pais. Sofreu muito para aprender a dormir em seu próprio quarto, não porque não conseguisse dormir em seu próprio quarto, mas porque não conseguia dormir. Conte carneirinhos, dizia o pai, beba um copo de leite quente, dizia a mãe. Mas … Continue lendo CLEMENTINA E ZEQUINHA

CARTA ABERTA AO MEU CORRETOR ORTOGRÁFICO

Querido corretor ortográfico, nossa situação estava ridícula. Mais parecia o relacionamento de uma mulher com seus ex-namorados, ex-noivos, ex-maridos, ex-crushes ou ex-seiláoque. Quando você chegou na minha vida, eu não sabia a bagunça que você faria nela. Primeiramente porque eu não te chamei, não te baixei, não pedi que você chegasse, não concordei com termo algum … Continue lendo CARTA ABERTA AO MEU CORRETOR ORTOGRÁFICO

PALAVRINHAS MÁGICAS

Bom dia, por favor, boa tarde, obrigada, olá, está bem, boa noite, tudo bem por mim, agradeço, bem sim e você?, sinto muito etc etc etc. Palavras de educação, assim me ensinaram, assim faço automaticamente e a coisa sempre funciona. Minha mãe chamava esses termos de “palavrinhas mágicas”. Mãe, quero água. Qual é a palavrinha … Continue lendo PALAVRINHAS MÁGICAS