Um par de chinelos verdes

Um par de chinelos verdes. Fora da caixa, mas aparentemente novos, sem marca de uso ou sujeira, com aquele cheiro inconfundível de borracha. Toco a campainha do vizinho, Oi, bom dia, esses chinelos são seus? Não são, nem dele e de nenhum dos outros vizinhos que perturbo naquela manhã de domingo. Um par de chinelos … Continue lendo Um par de chinelos verdes

Todo domingo eles fazem tudo sempre igual

Pedro e Julia são sempre os primeiros chegar, precisando tocar a campainha três vezes antes da porta ser aberta porque ninguém na casa de Joana está pronto ainda. São recebidos por José e repetem o mesmo diálogo sobre pontualidade enquanto José termina de abotoar a camisa e Joana entra na sala com Maria Clara logo … Continue lendo Todo domingo eles fazem tudo sempre igual

Todo dia é igual aos outros até não ser mais

As mesmas mãos de sempre abrem ruidosamente a cortina, convidando o sol a iluminar tudo que há de inanimado naquele lugar. Tudo menos ela. Se a perguntassem, ela diria que também é um objeto inanimado, ao menos é assim que ela se sente, mas já não a perguntam mais nada. Ela espera o barulho que … Continue lendo Todo dia é igual aos outros até não ser mais

Horrivelmente perfeito

Você é tão horrivelmente boa! A raiva e o desprezo na voz dele eram palpáveis, e a reação dela naquele momento foi a mesma de quem se sente prestes a ser atacado, pupilas arregalando e pálpebras fechando, corpo retesado, respiração presa; mas o ataque não veio. Ele ainda exalava raiva por todos os poros, ela … Continue lendo Horrivelmente perfeito

Pedra no sapato

Eu passei milênios no mesmo lugar. Sem me mexer, no entanto perdendo minúsculos pedaços de mim que se desprendiam com a ação da água, do vento, de animais, do homem, de todos aqueles que têm o luxo de mover-se. Hoje, todos esses pequenos pedaços estão espalhados pelo mundo. Entrando em sapatos, arranhando a pele, pressionando … Continue lendo Pedra no sapato

Uma grande e ridícula comédia romântica

"A palavra é prata, o silêncio é ouro",   você disse antes de me beijar, antes que eu começasse um discurso enorme e enrolado no qual eu tentava justificar meu desaparecimento depois da nossa última noite juntas,   É que estar com você faz com que o mundo vire uma grande e ridícula comédia romântica, … Continue lendo Uma grande e ridícula comédia romântica