Aqui dentro é nada

Acordo e continuo no passado Não importa quantos dias amanheçam Ando de um lado pro outro repetindo diálogos Revivendo erros Chorando por lágrimas já secas Tentando encontrar minha quietude Que no desespero da minha mente Some Onde mesmo quando não falo O desconsolo grita mais alto Acordo e sinto que nada acontece E eu sei … Continue lendo Aqui dentro é nada

Júbilos e lástimas

Escrevo futuro imaginando tudo: finalmente serei quem sou, meus textos contarão a minha história, aquela que ninguém mais pode contar, usando palavras que só eu conhecia até ofertá-las como presentes para o mundo. No futuro, tudo que sonho hoje será passado, já acontecido ou abandonado. O plano de aprender uma nova língua, de costurar minhas … Continue lendo Júbilos e lástimas

As Três Palavras Mais Estranhas

O desafio literário da semana é de Julia Nogueira: Fazer um texto inspirado no poema "As Três Palavras Mais Estranhas" de Wislawa Szymborska: Quando eu pronuncio a palavra Futuro a primeira sílaba já pertence ao passado. Quando eu pronuncio a palavra Silêncio, Eu o destruo. Quando eu pronuncio a palavra Nada, Eu faço algo que … Continue lendo As Três Palavras Mais Estranhas