ela vazia, cheia dele

Olha em volta Livros. Plantas. Tv. Volta Olha dentro Nada pra você ler Pra ninguém É um emaranhado de frases desconexas contraditórias em transformação E um oco sem sentido que faz eco a cada pedaço de incerteza. A outra ronca Já comeu Vida simples Carência maior Ou ela acredita Quer acreditar. Olha em volta Casa … Continue lendo ela vazia, cheia dele