A janela aberta é o fim desta história de separação

Numa manhã, ao despertar de sonhos inquietantes, Tiago deu por si na cama transformado num minúsculo grão de poeira. O quarto ao redor era gigantesco. O mundo nem medida tinha. A vida é muito grande quando você é um nada. Acordar pra ser inútil era melhor não acordar. Mas esse não é o ciclo. Enquanto … Continue lendo A janela aberta é o fim desta história de separação

A4

Numa manhã, ao despertar de sonhos inquietantes, Ana deu por si, na cama, transformada numa gigantesca e rabiscada folha sulfite. Sem reconhecer nenhum pedaço de seu corpo, se sentia frágil e desorganizada. Por algum motivo ela tinha olhos, tinha boca, tinha ouvidos, mas nada disso ela podia reconhecer no espelho, que só mostrava os rabiscos … Continue lendo A4